CONVENCIONAL

Chamamos de convencional – em inglês flooded – as baterias que são produzidas com a combinação de placas de chumbo positivas e negativas mergulhadas em uma solução de ácido sulfúrico e água. Esta tecnologia é a mais utilizada para produção de baterias automotivas em todo o mundo.

AGM

As baterias produzidas com a tecnologia AGM (Absorbent Glass Mat), que em português significa separador de fibra de vidro absorvente de líquido, também usam como componentes da reação química a combinação de placas de chumbo positivas e negativas e uma solução de ácido e água, porém se na tecnologia tradicional o ácido é livre e as placas são mergulhadas na solução, na AGM toda a solução fica absorvida nestes separadores de fibra de vidro. Portanto, bateria que não possui ácido livre.

Mas onde está o diferencial dessa tecnologia?

O separador é feito de fibras de vidro isolantes altamente absorventes, por isso as baterias AGM podem ser instaladas em qualquer posição. Sem ácido livre, não vazam. Além disso, estas baterias possuem maior resistência à vibração, pois este conjunto de separadores de fibra de vidro também têm a função de compressão interna das placas positivas e negativas, impedindo o deslocamento de material ativo na vibração.

Importante: Não confunda a tecnologia AGM com a bateria chamada de bateria de Gel.

Deixe seu comentário

logo-footer

CURTA NOSSAS REDES SOCIAIS: